1 de jul de 2012

TURMAS DE INFORMÁTICA E LITERATURA: 11M 11T E 26


PLANOS DE AULA
Hor
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
TARDE
13:00
-
-
-
INFO
11 M
INFO
11 T
13:50
-
-
-
INFO
11 M
INFO
11 T
14:40
-
INFO
11 M
-
INFO
11 T
-
15:30
-
INFO
11 M
-
INFO
11 T
26L
16:20
-
INFO
11 M
-
INFO
11 T
26L
Escola: CIMOL
Semana: 12.ª DE JULHO/2012
Professor: ELEMAR

SEMESTRE: I.º
INFO 11 M
Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA I
Conteúdos a serem ministrados
Períodos
Objetivos
CLASSES GRAMATICAIS: CONCEITOS DE ADJETIVO, EXEMPLOS E EXERCÍCIOS.
5
CONHECER, APERFEIÇOAR, CRESCER, CONSTRUIR, APRESENTAR, AVALIAR,...
SEMESTRE: I.º
INFO 11 T
Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA I
Conteúdos a serem ministrados
Períodos
Objetivos
CLASSES GRAMATICAIS: CONCEITOS DE ADJETIVO, EXEMPLOS E EXERCÍCIOS.
5
CONHECER, APERFEIÇOAR, CRESCER, CONSTRUIR, APRESENTAR, AVALIAR,...
Série: SEGUNDA
T. 26 L
Disciplina: LITERATURA
Conteúdos a serem ministrados
Períodos
Objetivos
Arcadismo: Conceitos, exemplos e exercícios.
2
CONHECER, APERFEIÇOAR, CRESCER, CONSTRUIR, APRESENTAR, AVALIAR,...


PORTUGUÊS ADJETIVOS E EXERCÍCIOS...

FLEXÕES DO ADJETIVO

F
L
E
X
Õ
E
S

D
O

A
D
J
E
T
I
V
O
Gênero
Uniformes – uma só forma para representar o masculino e o feminino.
Biformes – uma forma para o masculino e uma forma para o feminino
masculino
Feminino
Número
Singular
Plural
Grau
comparativo
igualdade
inferioridade
superioridade
superlativo
absoluto
Sintético
Analítico
relativo
De superioridade
De inferioridade

Pelo esquema acima, podemos visualizar a classificação da flexão do adjetivo. Mas, mais importante é saber empregar bem essas flexões no dia-a-dia do uso da língua. O gênero e o número do adjetivo seguem as mesmas regras de formação do substantivo. Aliás, o adjetivo nesse sentido, vai concordar com o substantivo, isto é, quando o substantivo estiver no feminino/masculino/singular ou plural, o adjetivo também vai apresentar-se da mesma forma.
 Ex.: menina bonita – meninas bonitas            garotos estudiosos – garotos estudiosos
 Quanto ao gênero, os adjetivos podem ser:
Uniformes – quando tem a mesma forma para representar o masculino e o feminino.
Ex: menino feliz – menina feliz;            comida ruim – jogo ruim
homem gentil – mulher gentil;              assunto fácil – viagem fácil
Biformes – quando tem uma forma para o masculino e outra para o feminino.
Ex: cru – crua;      bom – boa;       mau – má
Exercícios.
1. Use adjetivos, nos espaços das frases, que se adéquem ao substantivo em destaque:
a) Visitei uma ___________
 casa __________
b) Gosto de
 sapatos __________ e __________
c) Encontrei o ___________calção
 _________
d) O ____________
 avô ____________ chegou.
e) Os
 camarões são ________ e ___________
f) Cumprimos a ____________
 tarefa ________


GRAU DO ADJETIVO
Enquanto o grau do substantivo exprime basicamente o tamanho dos seres, o grau do adjetivo exprime a intensidade das qualidades dos seres, pois a qualidade é um aspecto da coisa que não é material, não tem forma, não tem estrutura física.
São dois, os graus do adjetivo: o comparativo e o superlativo.
1. Grau Comparativo.
Como o nome está dizendo, o grau comparativo exprime a comparação entre a qualidade de dois seres, que pode ser igual, maior ou menor. Observe os exemplos:
Pedro é tão inteligente quanto João.
Pedro é
 mais inteligente do que João.
Pedro é
 menos inteligente do que João.
Nos exemplos dados, podemos perceber que o adjetivo inteligente é o centro da idéia de comparação entre duas pessoas. O grau comparativo também pode comparar duas qualidades que julgamos existir em um mesmo ser. Veja:
João é tão inteligente quanto estudioso.
João é
 mais inteligente do que estudioso.
João é
 menos inteligente do que estudioso.
Como você pode verificar, o grau comparativo sempre será analítico, uma vez que na sua formação entram um adjetivo e uma das expressões:
. tão ……………… quanto ……(comparativo de igualdade)
. mais …………… do que …… (comparativo de superioridade)
. menos ………… do que ……  (comparativo de inferioridade)
Existem adjetivos que possuem uma forma sintética para expressar o grau comparativo. Exemplos:
Bom – melhor – superior       Mau – pior – inferior      Grande – maior – superior       Pequeno – menor
Na construção das frases em português, deve-se verificar a elegância do que está sendo escrito ou dito. No caso de uso dos adjetivos acima, as frases construídas no modo tradicional estão corretas. Entretanto, soa esquisito aos ouvidos, uma vez que a língua possui o recurso sintético. Veja:
João é menos bom que o irmão, em Matemática.                   João épior que o irmão, em Matemática.
O Sol é
 mais grande do que a Terra.                                          O Sol é maior que a Terra.
O mar Morto é
 mais pequeno que o Mar Mediterrâneo.      O Mar Morto é menor que o Mar Mediterrâneo.

Vamos exercitar.
A. Leia as frases abaixo e identifique pelo número dado, que tipo de grau existe em cada uma:
1. comparativo de igualdade
2. comparativo de superioridade
3. comparativo de inferioridade
a. (   ) Seu irmão  é menos corajoso que você.
b. (   ) Embora seja jovem, Pedro é tão experiente quanto o pai.
c. (   ) As moças costumam ser mais vaidosas do que os rapazes.
d. (   ) João sempre se mostrou mais afoito do que o irmão.
e. (   ) Depois da nossa conversa, as coisas ficaram tão claras como a água.
f. (   ) Ele sempre foi menos paciente que a esposa.
g.(   ) O seu comportamento é tão mau quanto o de seu irmão.
 
 
B
.Substitua a expressão grifada por outra que torne o grau comparativo mais elegante.
a. O seu comportamento é
 mais mau do que o do seu irmão.
b. Esta sala é
 mais pequena do que a outra.
c. Este tecido é
 mais bom do que aquele.

RESPOSTAS
GABARITO
Questão 1: a.( 3 )     b.( 1 )    c.( 2 )     d.( 2 )    e.( 1 )     f.( 3 )    g.( 1 )
Questão 2: a)  …. é  pior que ……     b) ….. é menor que …..       c) ….. é melhor que ……
ADJETIVOS
LEITURA INICIAL

POEMA DE MÁRIO QUINTANA –
OS ADJETIVOS
"(...)Mas o bom mesmo, são os adjetivos,
Os puros adjetivos isentos de qualquer objeto.
Verde. Macio. Áspero. Rente. Escuro. luminoso.
Sonoro. Lento. Eu sonho
Com uma linguagem composta unicamente de adjetivos
Como decerto é a linguagem das plantas e dos animais.
Ainda mais:
Eu sonho com um poema
Cujas palavras sumarentas escorram
Como a polpa de um fruto maduro em tua boca,
Um poema que te mate de amor
Antes mesmo que tu saibas o misterioso sentido:
Basta provares o seu gosto... "

Mario Quintana

Postado por PROFESSOR: ELEMAR GOMES às 14:13:00 
Marcadores: CIMOL
DÊ A SUA OPINIÃO:: 
Encontre o conteúdo no blog: WWW.aulasdaminhavida.blogspot.com 
ADJETIVO
Adjetivo é a palavra que expressa uma qualidade ou característica do ser e se "encaixa" diretamente ao lado de um substantivo.
Ao analisarmos a palavra bondoso, por exemplo, percebemos que além de expressar uma qualidade, ela pode ser "encaixada diretamente" ao lado de um substantivo: homem bondoso, moça bondosa, pessoa bondosa.
Já com a palavra bondade, embora expresse uma qualidade, não acontece o mesmo; não faz sentido dizer: homem bondade, moça bondade, pessoa bondade. Bondade, portanto, não é adjetivo, mas substantivo, pois admite o artigo: a bondade.

Morfossintaxe do Adjetivo:
O adjetivo exerce sempre funções sintáticas relativas aos substantivos, atuando como adjunto adnominal ou como predicativo (do sujeito ou do objeto).

Classificação do Adjetivo

Explicativo: exprime qualidade própria do ser. Por exemplo: neve fria.
      Restritivo: exprime qualidade que não é própria do ser. Por exemplo: fruta madura.

Formação do Adjetivo

Quanto formação, o adjetivo pode ser:

ADJETIVO SIMPLES
Formado por um só radical.
Por exemplo: brasileiro, escuro, magro, cômico.
ADJETIVO COMPOSTO
Formado por mais de um radical.
Por exemplo: luso-brasileiro, castanho-escuro, amarelo-canário.
ADJETIVO PRIMITIVO
É aquele que dá origem a outros adjetivos.
Por exemplo: belo, bom, feliz,  puro.
ADJETIVO DERIVADO
É aquele que deriva de substantivos ou verbos.
Por exemplo: belíssimo, bondoso, magrelo.

Adjetivo Pátrio

Indica a nacionalidade ou o lugar de origem do ser. Observe alguns deles:
Estados e cidades brasileiros:
Acre
acreano
Alagoas
alagoano
Amapá
amapaense
Aracaju
aracajuano ou aracajuense
Amazonas
amazonense ou baré
Belém (PA)
belenense
Belo Horizonte
belo-horizontino
Boa Vista
boa-vistense
Brasília
brasiliense
Cabo Frio
cabo-friense
Campinas
campineiro ou campinense
Curitiba
curitibano
Estados Unidos
estadunidense, norte-americano ou ianque
El Salvador
salvadorenho
Guatemala
guatemalteco
Índia
indiano ou hindu (os que professam o hinduísmo)
Irã
iraniano
Israel
israelense ou israelita
Moçambique
moçambicano
Mongólia
mongol ou mongólico
Panamá
panamenho
Porto Rico
porto-riquenho
Somália
somali

Adjetivo Pátrio Composto

Na formação do adjetivo pátrio composto, o primeiro elemento aparece na forma reduzida e, normalmente, erudita. Observe alguns exemplos:
África
afro- / Por exemplo: Cultura afro-americana
Alemanha
germano- ou teuto- / Por exemplo: Competições teuto-inglesas
América
américo- / Por exemplo: Companhia américo-africana
Ásia
ásio- / Por exemplo: Encontros ásio-europeus
Áustria
austro- / Por exemplo: Peças austro-búlgaras
Bélgica
belgo- / Por exemplo: Acampamentos belgo-franceses
China
sino- / Por exemplo: Acordos sino-japoneses
Espanha
hispano- / Por exemplo: Mercado hispano-português
Europa
euro- / Por exemplo: Negociações euro-americanas
França
franco- ou galo- / Por exemplo: Reuniões franco-italianas
Grécia
greco- / Por exemplo: Filmes greco-romanos
Índia
indo- / Por exemplo: Guerras indo-paquistanesas
Inglaterra
anglo- / Por exemplo: Letras anglo-portuguesas
Itália
ítalo- / Por exemplo: Sociedade ítalo-portuguesa
Japão
nipo- / Por exemplo: Associações nipo-brasileiras
Portugal
luso- / Por exemplo: Acordos luso-brasileiros


AULA DE PORTUGUÊS – PROFESSOR: ELEMAR GOMES
ACESSE O CONTEÚDO NO BLOG: WWW.AULASDAMINHAVIDA.BLOGSPOT.COM



Eclesiastes 1:13

E apliquei o meu coração a esquadrinhar, e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu; esta enfadonha ocupação deu Deus aos filhos dos homens, para nela os exercitar.