4 de mar de 2012

EXERCÍCIOS INFO 11M e 11T - LP - I



LÍNGUA PORTUGUESA I – PROFESSOR: ELEMAR GOMES – CIMOL - CURSO INTEGRADO -
EXERCÍCIOS SOBRE A HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA – 2012 – ACESSE: www.aulasdaminhavidablogspot.com
ESTUDANTE: ____________________________________________________________________ TURMA: _______

1-      As línguas românicas são aquelas que derivaram do latim.
a)      Verdadeiro.
b)      Falso.
2-      Os celtas (povo que habitava a Península Ibérica antes da chegada dos romanos) falavam diversas línguas, de que restam alguns vocábulos na toponímia (nomes próprios de lugares, da sua origem e evolução).
a)      Verdadeiro.
b)      Falso.
3-      O português derivou do latim clássico.
a)      Verdadeiro.
b)      Falso.
4-      Os visigodos e suevos, que invadiram a Península Ibérica por volta do século V d. C., impuseram a sua língua ao povo vencido.
a)       Verdadeiro.
b)      Falso.
5-      Os árabes deixaram-nos muitas palavras começadas por ch-.
a)       Verdadeiro.
b)      Falso.
6-      A partir dos finais do século IX, na Galiza e no Norte de Portugal, nasce o galaico-português.
a)       Verdadeiro.
b)      Falso.
7-      O latim foi usado como língua escrita, nos documentos jurídicos, pelo clero e pela nobreza, até ao século XII.
a)      Verdadeiro.
b)      Falso.
8-      No século XIII, D. Dinis deu um grande impulso à língua portuguesa, ordenando que, daí em diante,  passassem a ser escritos em português todos os livros e documentos.
a)      Verdadeiro.
b)      Falso.
9-      A língua portuguesa enriqueceu-se imensamente, nos séculos XV e XVI, pelo contato dos navegadores portugueses com os povos nativos de África, Ásia e América.
a)      Verdadeiro.
b)      Falso.
10-   Os estrangeirismos são vocábulos de outras línguas adaptadas, que por sua vez, são adaptadas à fonética(fala) da língua portuguesa.
a)      Verdadeiro.
b)      Falso.
11-   O latim que originou as línguas românicas foi o latim falado pelas classes humildes, ou seja,...
a)      o latim erudito
b)      o latim vulgar
12-   A maioria das palavras do latim entraram no português por...
a)       via erudita.
b)      via popular.
13-   Com o Renascimento, os humanistas dedicam-se ao estudo das línguas e, muitas vezes, criam novas palavras portuguesas, que vão buscar diretamente ao...
a)      latim clássico.
b)      árabe.
14-   Essas novas palavras, criadas na época renascentista e vindas por via erudita...
a)      não sofreram uma transformação tão grande como as que vieram por via popular, e que estão na origem do português.
b)       sofreram enormes alterações.
15-   Os cultismos/latinismos são...
a)      as palavras latinas vindas por via popular.
b)      as palavras latinas vindas por via erudita.
16-   A existência de duas vias, através das quais o latim influenciou a nossa língua, justifica que...
a)     um étimo(vocábulo do qual se originou uma outra palavra. Ex.:"Persicum" é o étimo da palavra "pêssego".)latino pode dar origem a mais do que uma palavra portuguesa.
b)      um étimo só possa dar origem a uma palavra portuguesa.
17-   Por sua vez, há palavras que provêm de étimos diferentes e convergem para a mesma forma vocabular, escrevendo-se...
a)      de maneiras diferentes.
b)      da mesma maneira
18-   As palavras divergentes são as palavras que...
a)      provêm do mesmo étimo latino.
b)       provêm de étimos latinos diferentes.
19-   As palavras convergentes (Tender, dirigir-se (para um ponto comum )são as palavras que...
a)      provêm do mesmo étimo latino.
b)      provêm de étimos latinos diferentes.
Gabarito:
1-   A
2-   A
3-   B
4-   B
5-   B
6-   A
7-   A
8-   A
9-   A
10-                    A
11-                    B
12-                    B
13-                    A
14-                    A
15-                    B
16-                    A
17-                    B
18-                    A
19-                    B

Eclesiastes 1:13

E apliquei o meu coração a esquadrinhar, e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu; esta enfadonha ocupação deu Deus aos filhos dos homens, para nela os exercitar.